Jogos do Brasil aumentam número de infartos

Em dias de jogos do Brasil, mais pessoas têm infarto. A informação é da Universidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto, que analisou os dados do Sistema Único de Saúde (SUS), durante as Copas do Mundo de 1998 a 2010.

O estudo, intitulado “Copa do Mundo de Futebol como Desencadeador de Eventos Cardiovasculares”, revelou que, durante os torneios, os pacientes brasileiros apresentaram de 4 a 8% mais problemas cardíacos como infarto do miocárdio, angina e a arritmia cardíaca.

De acordo com os responsáveis pela pesquisa, esse aumento acontece devido ao estado emocional dos torcedores. A vontade de ganhar é tanta que o estresse causa alterações no organismo, como o aumento da pressão sanguínea e a afetação do sistema nervoso, causado pela disfunção hormonal decorrente de quando o corpo está estressado.

Em uma situação de perigo real, esse estresse ajudaria o corpo a reagir fugindo ou lutando. Em uma situação em que não há risco, porém, o estresse permanece, confundindo o cérebro e prejudicando a produção de hormônios como a adrenalina e o cortisol.

Esse resultado é parecido com um estudo realizado na Alemanha. Para os germanos, os jogos da seleção nacional desencadeiam problemas em quem já tem pré-disposição a sofrê-los, como sedentários e pessoas que se alimentam mal.

As pessoas se emocionam tanto esperando que a seleção ganhe que deixam sua própria saúde correr riscos. Obviamente que isso não é saudável nem para o corpo e nem para o espírito. As pessoas devem saber controlar suas emoções e se preocupar com o que realmente importa.

“A nossa preocupação deve ser voltar-se para Deus e tirar nosso coração das coisas deste mundo que, às vezes, ocupam o lugar de Deus”, afirma o Bispo Renato Cardoso, em seu blog.

Recentemente um torcedor ficou tão preocupado com a derrota de seu time que ateou fogo ao próprio corpo. Para o Bispo Renato Cardoso, quando alguém mantém seu coração em Deus, ainda que uma derrota o deixe chateado, isso não lhe causará danos mais sérios.

“Então, certas coisas acontecem, mas, quando você tem o coração em Deus, aquilo não lhe abala, o mundo não acaba, o mundo não se abre embaixo dos seus pés. Você fica firme. E aquela situação lhe faz mais forte”, finaliza o Bispo.

Fonte: Universal

2018-07-11T09:05:41+00:00