Noticia

Grupo acalenta familiares de detentos em Londres

Recentemente, voluntários do Rescue of Dignity – ROD (Resgate da Dignidade, em Português), grupo de evangelização que atua especificamente na Inglaterra, realizou uma ação em prol dos familiares de detentos da unidade prisional de Pentonville, em Londres, capital inglesa.

Na ocasião, foram entregues 39 cestas básicas e exemplares do livro “Nada a Perder 3”, de autoria do Bispo Edir Macedo. Além de entregar o alimento físico, eles aproveitaram a oportunidade para levar uma mensagem de fé e otimismo a quem tanto precisa.

Segundo o Pastor Douglas Lima, responsável pelo trabalho em Londres, é indescritível ver a felicidade nos olhos dos familiares. “Não são poucas as esposas de presidiários que estão passando por necessidades financeiras. Elas ficaram muito gratas com a doação dos alimentos”, disse o Pastor.

Evangelização no Reino Unido

O trabalho evangelístico do grupo se estende a todo o Reino Unido e, atualmente, conta com o apoio de 120 voluntários. Durante os encontros, eles realizam palestras, eventos, distribuição de alimentos, kits de higiene, entrega de exemplares da Bíblia e livros.

Além de ajudar com trabalhos sociais e levar a Palavra de Deus aos detentos, o objetivo do ROD é também chegar aos seus familiares, bem como aos agentes penitenciários.

Em outro momento, o grupo promoveu mais uma ação, desta vez em Willlesden Green, noroeste de Londres. Na oportunidade, eles visitaram a ex-presidiária Simone Holder (sentada, na foto acima), de 44 anos, que esteve presa durante 7 anos por uso de drogas.

“Nossos voluntários não fizeram com que Simone se sentisse julgada ou inferiorizada, ao contrário, mas que entendesse que ela precisa de um tratamento na alma para que todas as feridas interiores sejam fechadas”, comentou o Pastor Douglas. Na ocasião, o grupo doou cesta básica, roupas, chapéu e cachecol à Simone.

Quer fazer parte de um dos grupos de voluntários da Universal? Então, procure o templo mais perto de sua casa, clicando aqui, e se informe com o pastor responsável da Igreja.

Fonte: Universal.org

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *