Noticia

Você conhece o trabalho realizado pela Universal na Moldávia?

10.599 quilômetros. Essa é a distância que a Universal percorreu do Rio de Janeiro para levar a Palavra de Deus até os moldávios, na Europa Oriental. Presente em mais de 100 países, a Universal intensificou, nos últimos anos, sua atuação no Leste Europeu. E, em 2011, finalmente realizou sua primeira reunião na Moldávia.

A República Moldova, ou Moldávia, como é mais comumente chamada no Brasil, é uma nação fundada em 1991, após a separação da União Soviética. Herdou da região a religião ortodoxa, uma população acostumada a conflitos políticos e inúmeros problemas financeiros.

“Os principais problemas enfrentados pela população local são as doenças, as dificuldades familiares, os vícios e a miséria”, conta o Bispo Gilcimar Taborda, responsável pelo trabalho da Universal na região.

O Bispo está à frente da evangelização no país há cerca de cinco meses. Antes disso, ele havia permanecido por seis anos na Ucrânia e por dez anos na Rússia. Acostumado ao trabalho realizado no Leste Europeu, ele explica que a principal dificuldade é alcançar as pessoas, pois a desconfiança quanto a outras religiões é muito grande. “No começo há uma certa resistência dos moradores por causa das crenças do país”, conta. “Porém, quando as pessoas começam a frequentar as reuniões, percebem resultados positivos em suas vidas, veem o nosso sincero desejo de ajudá-las e logo os muros são derrubados.”

A missão deixada no Evangelho

O Senhor Jesus orientou aos que O seguem que compartilhem com as demais pessoas aquilo que Ele ensinou: “Ide por todo o mundo, pregai o Evangelho a toda criatura.” (Marcos 16.15).

Desde que foi fundada, em 1977, essa tem sido a principal missão da Universal. E é isso que impulsiona o trabalho realizado na Moldávia.

Para alcançar o máximo de pessoas possível, os evangelizadores realizam, além das reuniões, diversas ações sociais por meio dos grupos Força Jovem Universal (FJU); Evangelização (EVG); Calebe – que atende e auxilia pessoas acima dos 60 anos de idade –; IntelliMen, criado por Renato Cardoso para incentivar os homens a se tornarem versões melhores de si mesmos; e Educação Bíblica Infantil (EBI), que auxilia na orientação e educação de crianças.

Os estrangeiros que auxiliam esse trabalho de evangelização vencem dificuldades, como o idioma (que é o romeno) e o clima (que na Moldávia pode atingir até -20ºC).

Atualmente, a Universal está presente em duas cidades: Orhei e na capital, Chisinau.

“Ainda que as culturas sejam diferentes, a Universal tem trabalhado forte para resgatar as almas aqui na Moldávia, assim como em outros países. Quando estamos em Deus, não importa o lugar ou o idioma, queremos é ganhar almas”, conclui o Bispo.

Fonte: Universal.org

Deixe o seu comentário

Ou preencha o formulário abaixo.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *